quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Desfile Acadêmicos do Salgueiro 2013


   O Acadêmicos do Salgueiro foi a segunda escola a pisar na avenida na noite de domingo de carnaval. Com mais um enredo assinado pelo casal Renato e Márcia Lage, a escola falou sobre a busca pela fama.
Mesmo com problemas em suas alegorias em seus últimos carnavais, os carnavalescos não desanimaram e levaram mais uma vez carros enormes e muito bem acabados que retrataram de uma forma irreverente o enredo. A comissão de frente homenageou os paparazzi e fez um belo trabalho levantando o público. A primeira ala veio literalmente brilhante ao trazer estrelas de LED deslizando pela sapucaí. Ouro destaque ficou por conta do carro do "photoshopping" que trazia partes do rosto à venda para que a pessoa pudesse escolher para colocar. A furiosa veio com camisetas que estampavam o rosto de Che Guevara O desfile terminou falando dos 60 anos da agremiação. O salgueiro conseguiu novamente a 5ª colocação entre as 12 escolas. Confira algumas fotos:



segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Desfile Inocentes de Belford Roxo 2013


   A estreante no grupo especial de 2013, Inocentes de Belford Roxo, abriu os desfiles de domingo com um enredo sobre os 50 anos da imigração sul coreana no Brasil do carnavalesco Wagner Gonçalves.
   A escola levantou o público de cara com o refrão leve do seu samba que ganhou rapidamente o setor 1. A comissão de frente também ajudou trazendo um componente que dava saltos mortais. Um outro destaque ficou por conta do primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Rogerinho e Lucinha Nobre que vieram de rosa de sharon numa fantasia encantadora. Muitas cores embalaram o carro da cultura que trazia uma grande máscara cheia de movimentos. O carnavalesco soube trabalhar bem com o tema e o desfile foi muito elogiado, mas a estreante não conseguiu notas boas e desfilará na série A em 2014. Confira algumas fotos:



sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Desfile Imperio de Casa Verde 2013



   A escola que fechou com chave de ouro os desfiles do Grupo Especial do carnaval paulistano foi a Império de Casa Verde que desfilou a busca do homem pela cura, assinado por Alexandre Louzada.
  Com o desafio de fazer um desfile sem verbas (devido à confusão durante a apuração de 2012) a escola entrou com garra e conseguiu cumprir com a missão. Louzada mostrou novamente que é um carnavalesco de qualidade e montou a escola com cores leves para retratar a cura. O tigre, simbolo da escola, veio no abre-alas e na última alegoria em dose dupla nas cores laranja e azul. Como de costume, as alegorias da Império chamaram atenção como a grande múmia na frente da segunda alegoria, o abre-alas que representou os jardins da babilõnia e o carro do orixá Omulu que foi decorado com pipoca. Ao final, a escola conseguiu voltar ao desfile das campeãs com um 5º lugar. Confira algumas fotos:






Desfile Acadêmicos do Tucuruvi 2013


  A Tucuruvi foi a penultima escola a pisar no anhmebí na noite de sábado. A escola fez uma homenagem aos 100 anos de Mazzaropi em mais um desfile assinado por Wagner Santos.
   Considerado um dos melhores desfiles feitos pela escola, o carnaval da escola da cantareira foi muito bem recebido pelo publico que cantou forte o belissimo samba. O carnavalesco mostrou novamente que sabe fazer bom uso das cores e começou o desfile falando sobre o circo. Um cover de Mazzaropi estava junto á comissão de frente. A escola levou cenas da vida do caipira na televisão, no teatro e no cinema. Uma enorme escultura do homenageado fechou o desfile que terminou sem problemas no tempo. Na apuração o gafanhoto (alcunha da escola) ganhou notas não muito boas em evolução e harmonia e terminou novamente na 6ª colocação. Confira algumas fotos:



quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Desfile Unidos de Vila Maria 2013


   A Unidos de Vila Maria entrou no anhembí para cantar um enredo dos 50 anos da imigração sul coreana no Brasil, da assinatura do carnavalesco Chico Spinoza
   A escola da zona norte entrou bem na avenida. A comissão de frente foi um momento a parte ao encenar o renascimento da phoenix trazendo muitos elementos. Chico abusou do colorido nas alegorias como no abre-alas que trazia um dragão bem ao centroe também um cover do sul coreano Psy. O último carro trouxe a Pucca e a moda do país. Outro ponto que achei interessante foi o tigre robô do segundo carro alegórico. Mas a escola não teve sorte no que diz respeito ao tempo: com seus mais de 4000 integrantes, a escola precisou correr muito no fim do desfile para não estourar os 65 minutos de desfile. Com esse e outros "problemas" (que a globo nao mostra ou nao tem) a escola acabou na última colocação e foi rebaixada. Confira algumas fotos:




segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Desfile Tom Maior 2013


   A Tom Maior entrou no anhembí para falar da história do preservativo e do prazer na história da humanidade. O enredo foi assinado pelo carnavalesco Marco Aurélio Ruffin
   Com a missão de não levar polêmica, a escola fez um desfile bem colorido e irreverente ao começar com o buraco da fechadura na comissão de frente, onde membros entravam e descobriam prazeres. A maçã do pecado veio como uma roda gigante no abre-alas onde uma serpente piscava sensualmente para o público. Um grande barco para mostrar a luxuria da cultura greco-romana foi destaque da terceira alegoria. Tapetes voadores trouxeram a alegoria do kama sutra e o desfile terminou com uma grande festa do prazer, o "carrocel fetichista". Embora com muito colorido, a escola teve problemas e ficou com a 12ª colocação. Confira algumas fotos:


domingo, 17 de fevereiro de 2013

Desfile Mocidade Alegre 2013


   A bi-campeã do carnaval paulistano foi a terceira escola a desfilar na noite de sábado. A escola falou das tentações de mudar o rumo das histórias, seja nas fábulas ou na vida real. O carnavalesco Sidney França assinou o enredo.
   A morada do samba entrou com garra, garra que foi vista logo na comissão de frente que convidava o público para comer a maçã do pecado. O abre-alas trouxe o pecado original e levantou o público juntamente com o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira. Sem dúvida as alegorias e fantasias foram um destaque à parte: Os pecados capitais, boas vindas ao céu, "boastras" e branca de neve do mal ganharam a atenção do público que viu a Mocidade passar praticamente perfeita. A bateria ritmo puro ganhou algumas notas abaixo do esperado mas nada que pudesse estragar a festa do título. Confira algumas fotos da campeã:



sábado, 16 de fevereiro de 2013

Desfile Gaviões da Fiel 2013


   A Gaviões da Fiel entrou na avenida sendo a segunda a desfilar da noite de sábado para falar das propagandas marcando a estreia do carnavalesco Max Lopes no carnaval paulistano.
   A escola passou bem leve e irreverente. O estilo do mago das cores chamou muita atenção do público e da fanática torcida (que merece maior destaque). A comissão de frente veio com os integrantes vestidos de preto para fazerem lápis e pinceis trabalharem na montagem das propagandas. O abre-alas trouxe muitos gaviões para fazer propaganda do Corinthians e da própria agremiação. Outro carro que chamou muita atenção foi um que trouxe uma escultura de uma mulher semi-nua. Não podemos nos esquecer do grande Ernesto Teixeira que veio homenageando Chacrinha e da bateria ritimão. A escola passou dentro do tempo limite e ficou novamente com a 9ª colocação. Confira algumas fotos:




sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Desfile Nenê de Vila Matilde 2013


   Abrindo os desfiles de sábado, a campeã do Grupo de Acesso, Nenê de Vila Matilde cantou a igualdade no Brasil e teve uma comissão de carnaval assinando o desfile.
   A águia guerreira levou para a avenida o samba considerado como um dos mais belos de 2013 (se não for o mais belo!) e surpreendeu com a beleza dos carros e das fantasias. O abre-alas (que impressionou pelo acabamento) junto com a comissão de frente traziam uma dualidade entre roxo e azul simbolizando o bem e o mal. A águia da escola apareceu em todos os carros pois ela representava o símbolo maior de igualdade. Outro carro que chamou muita atenção foi o carro do Olodum. Com isso a escola terminou o carnaval com um honroso 8º lugar entre as 14 escolas, empatada com a Gaviões e a X-9 mas ficando à frente pelo desempate. Confira algumas fotos:



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Desfile Águia de Ouro 2013


   A Águia de Ouro fechou o primeiro dia dos desfiles do grupo especial de São Paulo fazendo uma homenagem ao cantor e compositor João Nogueira, assinado pelo carnavalesco Cláudio "Cebola"
    Embalada com o belo samba, o público viu um desfile emocionante,  abusando dos espelhos e das cores claras como o branco para fazer um grande espetáculo. Grande mesmo foi o abre-alas que trouxe o compositor se materializando na chegada à sapucaí. O segundo carro trouxe o bar do Arlindo com direito à estante de bebidas! A bateria da escola veio com uma fantasia simples mas igualmente encantadora. A última alegoria trouxe uma enorme escultura do homenageado. Mas a escola acabou estourando um minuto além do tempo máximo e começou a apuração com menos 1.1. Parece que João Nogueira gostou do que viu e colocou a escola em 3º lugar, e se não fosse o atraso a escola seria campeã com folga. Confira algumas fotos: