sexta-feira, 28 de março de 2014

Justificativas do carnaval 2014 estão disponíveis, assim como o sentimento de amargura

   Depois de lidas as notas na tensa e, novamente, confusa apuração, eis que saem as tão aguardadas justificativas. As 40 notas (com exceção das notas 10) tiveram suas explicações, mas como sempre mergulhadas em um mar de problemas, polêmicas e injustiças.
    A cada ano que passa vemos coisas cada vez mais absurdas e que seriam cômicas se não fossem trágicas. Jurados que  não respeitam o espaço de julgamento somente para explicar suas notas, mas para fazer pedidos inusitados como carrocinha de cachorro quente. Outros não respeitam nem os avisos prévios colocados e dão notas fora do limite estipulado.
   Não sabem fazer contas simples, o que dirá julgar o maior espetáculo da terra. Vemos jurados que não sabem o que estão julgando, ao exemplo de julgadores de samba enredo que deveriam avaliar apenas letra e melodia estão analisando canto, trabalho de jurados de harmonia. Isso nos faz pensar como estas pessoas são escolhidas. Já ouvi falar de cursos específicos, mas parecem não estar fazendo efeito. Até mesmo fazendo somas erradas.
   E o que vemos é uma série de punições sem nexo, onde escolas sem fantasia causam apenas essa impressão, mas quem sabe era só um efeito visual (não, não era!). Décimos são tirados se as alegorias estão grandes demais e pequenas demais, fumaça é a justificativa para despontuar uma das maiores porta-bandeiras de nosso carnaval, esculturas que quebram na avenida perdem a mesma quantidade de pontos se um adereço cai da cabeça de um componente, fora as inúmeras alas que tiveram clarão fazendo parecer que nem ouve desfile (Leandro de Itaquera, SP).
   São justificativas que não justificam, notas sem critério, pedidos inusitados e análises esquisitas que fazem do carnaval uma piada. O chão parece não tremer pelo lado da LIESA, que deve repetir os jurados no ano seguinte (tem jurado que você decora até o nome e sabe como ele avalia). O samba já sambou a tempo e o vigarista não roda mais na pista, apenas dá a nota como quer e pronto. É piada de mal gosto.
Devem estar contratando ninjas, só pode..


quinta-feira, 20 de março de 2014

Louzada divulga título que Portela levará em 2015

   Depois de um grandioso trabalho no recente carnaval, a Portela não quer perder tempo e já trilha caminhos para voltar a vencer em 2015. O carnavalesco Alexandre Louzada usou do facebook para anunciar o enredo da águia para o próximo carnaval: "ImaginaRIO: 450 janeiros de uma cidade surreal".
   Segundo o carnavalesco, será uma viagem ao surrealismo da cidade do Rio de Janeiro que sempre inspirou as pessoas. "Eu creio que desde a chegada do europeus aqui, o impacto provocado pelas paisagens que eles viram deve ter dado asas ao imaginário de cada um deles, e, assim, com o passar dos tempos, seja por seus contornos geológicos ou pelas transformações traçadas pelo homem, o Rio é uma cidade que inspira as artes, a música, a poesia e influencia o cotidiano de quem visita ou vive na cidade. Tudo é surreal aqui, seja pela paisagem, pelo clima e pelo jeito de viver do carioca. A própria alegria do povo é surreal. Portanto, na magia que nos permite cada viagem carnavalesca, na minha imaginação, vou ‘convidar’ o grande mestre Salvador Dali a vir comigo e, junto com os bambas da Portela, imaginar o Rio – comenta o carnavalesco, ressaltando que o enredo está apenas no nascedouro" disse.
   No carnaval de 2014 a Portela fez um desfile que teve como foco avenida Rio Branco e as transformações que o Rio sofreu em função desta, obtendo a 3ª colocação.

domingo, 16 de março de 2014

sábado, 15 de março de 2014

Vivendo imagens! (parte 1)

Duas imagens bacanas das escolas da primeira noite do Grupo Especial carioca de 2014. Confira abaixo e divirta-se!















domingo, 9 de março de 2014

Momentos Vivendo Carnavais - Especial São Paulo

Como de costume nos dois últimos carnavais, trago até vocês alguns momentos marcantes, sendo positivos ou negativos, do que foi visto na avenida. Mas antes, quer alerta-los de que isso faz parte de uma visão rápida pelos comentários por ai, não tendo a finalidade de "puxar o saco", apenas de relembrar algumas imagens e momentos marcantes. Vem comigo?
Ø Prêmio luxo: O prêmio luxo desse ano vai para a Mocidade Alegre, que abusou da criatividade e do acabamento no enredo sobre a fé. Destaque para o grandioso abre-alas. Outra escola que, mesmo com a chuva, surpreendeu foi a Águia de Ouro, que entrou com alegorias e fantasias em um nível padrão num enredo sobre Dorival Caymmi. Parabéns!
Ø Comissão de frente genial: A comissão de frente genial vai para a Dragões da Real, que apresentou a coreografia do famoso Thriller executada de forma impecável mesmo com a chuva. A caracterização também merece destaque. Outra comissão que chamou atenção foi da Mocidade Alegre, que levou integrantes vendados. Parabéns!
Ø Inovação: Outro prêmio para tri campeã paulista, que encantou a todos com seus componentes se ajoelhando em meio ao desfile em romaria. Parabéns!
Ø Samba na ponta da língua: A Gaviões da fiel sempre conta com a força de sua torcida para cantar seus sambas. E esse ano com Ronaldo não foi diferente. Quem também teve seu samba bem cantado foi a Rosas de Ouro, que emocionou o público relembrando momentos marcantes de nossas vidas. Parabéns!
Ø Momento triste: Mesmo não sendo culpa das escolas, a chuva prejudicou e deixou integrantes tristes na primeira noite de desfiles. Granizo caiu durante a apresentação da Leandro e baianas da X-9 não conseguiram desfilar por conta do peso. Luzes da fantasia da comissão de frente da X-9 não acenderam e a escola optou por desfilar tudo.
Ø Vozes da folia: O vozes da folia vai para o intérprete Carlos Júnior, do Império de Casa Verde, que levou muito bem o belo samba da comunidade sobre a sustentabilidade, levantando o público. Quem também merece destaque é Junior Branco, da Leandro de Itaquera, que mostrou seu talento no divertido samba sobre futebol. Parabéns!
Ø Grande baile: Fizeram um grande baile o primeiro casal da Rosas de Ouro, Luizinho e Sueli, que ano passado perderam pontos no quesito e mostraram esse ano que sabem fazer bonito voltando a tirar nota máxima. Parabéns!

sexta-feira, 7 de março de 2014

Momentos Vivendo Carnavais - Especial Rio

Como de costume nos dois últimos carnavais, trago até vocês alguns momentos marcantes, sendo positivos ou negativos, do que foi visto na avenida. Mas antes, quer alerta-los de que isso faz parte de uma visão rápida pelos comentários por ai, não tendo a finalidade de "puxar o saco", apenas de relembrar algumas imagens e momentos marcantes. Vem comigo?

Ø Prêmio luxo: O premio luxo visa destacar o acabamento, o conjunto geral de uma escola de samba. E a vencedora foi a Portela que trouxe, depois de tanto tempo, um carnaval digno da grandeza da escola com direito a droner de águia. Outra escola que destaco é a União da ilha que nos surpreende a todo ano com uma das melhores estéticas do especial carioca. Parabéns!
 
Ø  Comissão de frente genial: Em tempos de tripés em comissões de frente, a vencedora do prêmio é a Estação Primeira de Mangueira, que trouxe de volta Carlinhos de Jesus e uma comissão de frente original onde valoriza o bailar do componente. Outro destaque foi o casal de Australianos da União da Ilha, que surpreendeu a todos estando pendurados a 6m. Parabéns!
  

ØInovação: Querendo ou não, a integração entre a comissão de frente e o casal Claudinho e Selminha da Beija-flor merece destaque. Os integrantes da comissão representando o símbolo da escola sobrevoavam o casal num momento da apresentação. Outro ponto alto foi a orquestra de tamborins da bateria da Estação Primeira de Mangueira, que depois de duas inovações conturbadas conseguiu se sair bem. Parabéns!
  
ØSamba na ponta da língua: Um momento emocionante para os telespectadores e para o público presente no sambódromo foi a recepção do Salgueiro. A avenida inteira cantou forte o samba que tocou o coração como a letra mesmo diz. A Portela também merece destaque, que teve mais um samba bem estruturado
  

Ø Momento injusto/triste: Sem dúvidas o momento injusto foi o rebaixamento do Império da Tijuca, que levantou a Sapucaí quando abriu os desfiles do Grupo Especial. Atrelado a isso, a Vila Isabel que desfilou sem fantasias e alegorias inacabadas levou notas altas como 9.9 e 10 entre os jurados, o que dificultou a permanência da escola do Morro da Formiga.
  
Ø Vozes da folia: Este quesito destaca como o intérprete guiou o canto do samba. E Emerson dias foi o destaque na Grande Rio em seu primeiro ano como interprete principal. O samba sobre Maricá lhe proporcionou grandes momentos no microfone. Outro que se destacou foi Pixulé do Império da Tijuca, que em seu primeiro ano de especial realmente fez o chão tremer! Parabéns!

  
ØGrande baile: O destaque é para o primeiro casal de mestre-sala e porta bandeira. Phelipe e Rafaela da Imperatriz esbanjaram sintonia em seu bailado e trouxeram fantasias luxuosas e bem acabadas representando a Imperatriz e o Galinho de ouro. Outra boa atuação foi de Rogerinho e Lucinha Nobre que vieram numa fantasia modernista e integraram o bailado com a letra do samba de forma muito agradável na Mocidade. Parabéns!